Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Virada de ano diferente: Estudantes da Romênia peregrinam a Schoenstatt

By: Claudia Brehm / Grupo Jubilate

O grupo do Jubilate foi acompanhado por duas Irmãs de Maria de Schoenstatt de Timisoara, Ir. Erika-Mária Bukovics e Ir. M. Andreea Deac, também pelo sacerdote diocesano, Pe. Piry Radulov, que é corresponsável pela pastoral estudantil da diocese.

Os próprios alunos relatam como foram esses dias agitados:

De 27 de dezembro de 2023 a 3 de janeiro de 2024, nós, integrantes dos grupos de jovens do Centro Diocesano da Juventude de Timisoara, passamos uma “véspera de Ano Novo diferente”, juntos em Schoenstatt, na Alemanha. Tivemos a oportunidade de conhecer a espiritualidade do Movimento Apostólico de Schoenstatt e de passar o Ano Novo com a juventude de outros países diante do Santíssimo Sacramento.

Por meio dessa peregrinação, os estudantes puderam aprender mais sobre o fundador do Movimento, o Pe. José Kentenich. Um dos jovens conta: “Quando entramos no quarto do Pe. José Kentenich, ficamos fascinados com a simplicidade. Tudo estava intocado, como ele havia deixado: sua escrivaninha com folhas de papel e canetas, prateleiras cheias de livros, fotos dele e de pessoas importantes em sua vida. Por alguns instantes, quase pudemos imaginá-lo sentado naquela escrivaninha em um dia comum, escrevendo ou lendo, criando o alicerce sobre o qual todo o Movimento Apostólico de Schoenstatt está estruturado hoje. Naquele momento, compreendemos a profundidade do lugar, mas também a identidade do Movimento, que cada vez que era testado pelas dificuldades dos tempos, crescia mais forte e estava pronto para estar conosco e em nós”.

O Santuário Original

Uma jovem resume suas impressões sobre o Santuário Original: “Foi impressionante ver que em cada montanha, cada colina e perto de cada casa das muitas e variadas comunidades havia uma réplica exata da capela original. Entretanto, cada uma tinha seu próprio símbolo para representar a respectiva comunidade. Para mim, era como se eu nunca tivesse deixado o Santuário Original e senti a Mãe de Deus olhando de um jeito amável para nós. Tivemos a oportunidade de passar a última hora de 2023 e os primeiros minutos de 2024 em frente ao Santíssimo Sacramento no Santuário Original. Embora os fogos de artifício pudessem ser ouvidos do lado de fora, houve silêncio no Santuário para que todos pudessem ter sua própria conversa pessoal com Jesus. Em algum momento, jovens de outros países se juntaram a nós e fiquei muito feliz por vivenciar essa virada de ano de uma maneira diferente.”

A Aliança de Amor

A Aliança de Amor, um componente central de Schoenstatt, também impressionou os jovens. Eles descrevem isso da seguinte forma: “A Aliança de Amor nada mais é do que uma forma de consagração à Mãe de Deus. Por ocasião dessa peregrinação, quatro jovens selaram essa Aliança de Amor. Ficamos impressionados ao perceber que eles estavam preparados para viver o que disseram lá”.

Visita às Irmãs de Maria no Monte Schoenstatt

Os jovens também visitaram a Casa Central das Irmãs de Maria, no Monte Schoenstatt, e contam: “A comunidade é grande e muito aberta, e todas as Irmãs que encontramos sorriram carinhosamente para os jovens presentes. Um de nossos jovens ficou muito impressionado com a atmosfera: Onde eu estava? Posso dizer com a mão no coração que foi uma viagem ao mundo dos santos, senti-me como se estivesse no céu, não sabia nem pensava em que dia ou horas eram. As irmãs nos receberam com muito amor e interesse e nos explicaram como elas vivem e como se esforçam para amar a Deus. Deus tem planos para cada um de nós e estou convencida de que eu também faço parte desse plano, ao conhecer essa espiritualidade. Agradeço também à Mãe de Deus por sua intercessão e ajuda em tudo!”

Visita aos Padres de Schoenstatt

Os Padres de Schoenstatt também impressionaram. Um jovem comentou sobre eles: “Durante essa peregrinação, também pude conhecer os Padres de Schoenstatt através do Pe. José Luis Correa Lira, que me deixou uma impressão notável em termos de formação, pedagogia e contribuição para a vida da Igreja. A Santa Missa, as homilias e a abertura dos sacerdotes da comunidade despertaram em mim a paciência necessária para superar certas dificuldades. Fiquei impressionado ao ver que eles mantêm uma marca concreta da mão do Pe. Kentenich, onde os padres colocam sua mão sobre essa marca em certas ocasiões de sua comunidade como uma identificação com o Pe. Kentenich como Pai e Fundador do Movimento e de seu Instituto. A visita aos padres me mostrou que o amor de Deus é ilimitado. Ele escolhe nosso caminho e nos ajuda a segui-lo no momento certo e a não nos desviarmos dele.”

Visita às famílias no Monte Nazaré

O Movimento de Schoenstatt é diversificado e, por isso, a visita à Casa das Famílias de Schoenstatt também foi uma parte importante da experiência dos jovens peregrinos: “A Comunidade das Famílias de Schoenstatt tem um Santuário no Monte Nazaré. O que impressiona nesse Santuário é a imagem da Sagrada Família, porque de frente ela parece comum – Jesus no centro e os pais –, mas quando viramos a estátua, vemos José e Maria de mãos dadas, algo que nunca vimos antes. À esquerda do altar está pendurada uma rede cheia de fotos de famílias que visitaram esta capela e que desejam que suas almas permaneçam sempre em Schoenstatt, mesmo que sejam famílias de diferentes cantos do mundo. Uma coisa que me impressionou foi o momento em que tivemos que procurar uma pedra para escrever o nome de nossa família, o momento em que meu irmão e eu escrevemos em uma pequena pedra o nome de nossa família e a data em que colocamos a pedra na entrada da capela, naquele momento, embora minha mãe e meu pai não estivessem conosco, sentimos que colocamos juntos essa pedra.”

Com a comunidade dos Irmãos de Maria

Quando o Pe. José Kentenich fundou este Movimento Apostólico, ele queria que todos se sentissem livres para tomar suas próprias decisões e escolher um estado de vida adequado para si mesmos. Durante esses dias, os jovens também conheceram a comunidade dos Irmãos de Maria: “Com todas essas experiências que tivemos em Schoenstatt, a visita ao Sr. Amrein, um Irmão de Maria no Monte Tabor, não poderia faltar. Com grande abertura e alegria, ele nos contou o que havia aprendido no trabalho e na comunidade dos Irmãos de Maria. Ele abriu nossos corações e nos ajudou a perceber como é importante viver cada momento com o mesmo entusiasmo, seja em uma segunda-feira de manhã ou em uma sexta-feira à noite. Por meio de sua narrativa envolvente, ele nos mostrou que nós também, como as diferentes cores – o Sr. Amrein formou-se como pintor – cada um de nós é uma mancha de cor diferente, mas que é muito importante para o nosso mundo. Ele nos incentivou a sermos autênticos, a seguir nossa consciência e enfatizou a importância de nosso relacionamento com a Mãe de Deus.”

Igreja da Adoração

Schoenstatt se estende por uma grande área e é coroado pela bela Igreja da Adoração. Um dos jovens relata: “Uma noite tivemos a oportunidade de passar um tempo junto ao túmulo do Pe. Kentenich, para pedir-lhe ajuda em nossas necessidades e expressar nossa gratidão pelos momentos de graça que experimentamos nesse local de peregrinação. Demos graças a Deus pelo dom do Schoenstatt e pelo Pe. José Kentenich para o nosso tempo!”

Minha experiência foi cheia de aprendizado e alegria interior

Pe. Piry Radulov, o jovem sacerdote diocesano que acompanhou o grupo, chamou Schoenstatt de “Monte Athos da Alemanha”. Ele também diz: “A espiritualidade de Schoenstatt oferece muitas oportunidades para o desenvolvimento pessoal e a liberdade. Minha experiência nessa comunidade foi de aprendizado e alegria interior, onde os valores desempenham um papel central. Senti muita paz em meio a esse ambiente espiritual. A atmosfera de devoção, as brincadeiras, as caminhadas e a oração me envolveram com uma energia positiva e me ajudaram a desenvolver um relacionamento mais próximo com o meu próximo, mas também com Deus. Pedirei a Nossa Senhora que nos ajude a construir um Santuário na Romênia, em Timisoara.”

Depois de sua visita a Schoenstatt, os jovens estão convencidos: há lugar para todos no Movimento de Schoenstatt, é um Movimento que ensina valores que certamente trazem alegria a Deus e à Mãe de Deus. É uma espiritualidade por meio da qual podemos aprender facilmente como servir a Deus em nossa vida diária com grande liberdade.

*Grupo de estudantes “Jubilate” da diocese de Timisoara

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you