Um grupo de pessoas, não numeroso, mas muito variado e feliz, participou de uma intensa peregrinação a Schoenstatt, Alemanha, aos lugares onde nossa Obra começou. De 24 a 28 de abril de 2024 aconteceu a peregrinação da Família de Schoenstatt italiana ao centro internacional do Movimento, guiada pelo Pe. Marcelo Cervi, Reitor do Santuário Matri Ecclesiae (Roma).

O grupo passou pelos locais marcantes onde Schoenstatt surgiu, em especial o Santuário Original, lugar em que, a partir daquele 18 de outubro de 1914, o Movimento se espalhou pelo mundo. Recordando a história, revisitaram as adversidades superadas pelo Pe. José Kentenich, percebendo que somente a presença constante da Mãe de Deus e a confiança que ele depositou na Providência podem justificar a beleza e a fecundidade do Movimento.

As experiências vivenciadas

Os lugares são belíssimos, um grande e belo jardim situado em duas imensas colinas: muitas flores, pessoas muito amáveis e gentis. Tudo foi vivido com intensidade: as orações, as visitas, os momentos de formação, a partilha das experiências e também a convivência.

Foi importante aprofundar o estudo da espiritualidade, mas também foi importante nos conhecermos mutuamente, aprofundando os vínculos como Família.

Levávamos sempre conosco duas bandeiras da Itália por onde passávamos e tirávamos muitas fotos em frente aos vários santuários e lugares marcantes.

Voltamos para casa transformados: cada um de nós ofereceu à Mãe de Deus o pouco que tinha. Ao rezarmos junto ao túmulo do Fundador, deixamos para trás pensamentos, desejos, medos. Realmente nos encontramos espiritualmente com o Pe. Kentenich, sentimos que ele estava lá conosco e rezou conosco.

Outro momento emocionante foi a visita à residência onde o Pe. Kentenich viveu de 1965 até o ano de sua morte, 1968. Em vídeo, foi possível ver sua afabilidade paternal e a alegria das pessoas ao seu redor.

Com gratidão a Família de Schoenstatt italiana retornou à sua pátria, levando as graças de Schoenstatt e desejando ser reflexo de todas essas graças para o mundo – desejando serem peregrinos da esperança!