Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Líderes de Schoenstatt da Itália se reúnem para abrir o ano

By: Marie-Christine Jeannenot

Nos dias 3 e 4 de fevereiro de 2024, dirigentes de diferentes regiões italianas (Toscana, Emília-Romagna, Sicília, Puglia e Lazio) reuniram-se no Santuário de Schoenstatt de Belmonte, em Roma.

Os participantes passaram um belo fim de semana de retiro, em oração e partilha.

Nos diferentes grupos de trabalho refletiu-se sobre os aspectos positivos e os pontos desafiadores vividos no Movimento de Schoenstatt da Itália. Surgiram novas resoluções para o ano em curso.

Com espírito de instrumentos e os olhos na Providência

No domingo de manhã, o Pe. Facundo Bernabei, diretor nacional do Movimento de Schoenstatt da Itália, enriqueceu o encontro com um estudo aprofundado sobre o tema da “Fé Prática na Divina Providência”. Assim, foi destacada a importância das duas leis indicadas pelo Pe. Kentenich para meditar sobre a ação de Deus na história da Família de Schoenstatt: a “lei da porta aberta” e a “lei da resultante criadora”.

Pode-se dizer que durante o retiro cada participante escutou a Palavra do Senhor como Samuel: “Fala Senhor, que o Teu servo escuta”.

Conscientes dos desafios, mas confiantes na Divina Providência e fortes nos vínculos fraternos, os participantes despediram-se para regressar à casa cheios de novas energias e alegria.

O símbolo escolhido: a árvore

A jovem Rossella Minici resume:

“A Jornada de Dirigentes, no início de fevereiro, transcorreu da melhor maneira possível. O acento da reunião foi o entusiasmo e a alegria de compartilhar novos projetos e resoluções, em vista do ano jubilar que se aproxima.

Houve vários momentos em grupo, intercalados com testemunhos e partilhas propostos pelos representantes de cada grupo. Foram discutidos alguns pontos bem definidos: pontos críticos, pontos fortes de iniciativas passadas e/ou atuais, bem como propostas a serem trabalhadas.

Os resultados dessas análises de grupo foram diferenciados, mas não divergentes. Os pontos que ressaltam motivos de orgulho e gratidão, por exemplo, incluem: os eventos de formação, o desejo de crescimento espiritual/individual, as diversas iniciativas nas paróquias/comunidades e o relacionamento notavelmente positivo com os bispos.

O símbolo desse projeto, decidido em unanimidade entre todos, é a árvore, representação de alimento e desejo de formação. Como uma árvore que dá abrigo aos pássaros e sustento com seus frutos, queremos oferecer espaço para o convívio e sementes de vida espiritual. Sobre tais premissas e intenções se baseia a nossa proclamação mariana”.

Durante o encontro, foram divulgadas algumas notícias para o ano de 2024-2025:

– O início de uma formação online sobre Schoenstatt em toda a Itália, a partir de fevereiro de 2024
– O Jubileu, em 2024, da Mãe Peregrina na Itália
– A Campanha da Mãe Peregrina Internacional celebrará seus 75 anos em 10 de setembro de 2025, no Brasil (como “missionários da Esperança”)
– A coroação em 2025 de “Maria, Mãe da Igreja”, no Santuário de Belmonte.

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you