Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Apostolic Movement

Tarde de encontro com os refugiados ucranianos na Casa de Peregrinos de Schoenstatt

By: Heinrich Brehm

Cerca de 30 crianças participaram, jovens e idosos, que ficaram encantados por poder participar de uma caça aos ovos de Páscoa no complexo dos peregrinos na véspera da Páscoa ortodoxa. Eles compartilharam cachorros-quentes, saladas, bebidas, além de café e bolo.

“Acho ótimo que Schoenstatt tenha organizado esta tarde”, disse o prefeito de Vallendar, Wolfgang Heitmann, em entrevista ao schoenstatt.de. “Foi um momento muito alegre, porque deu aos vários refugiados a oportunidade de se conhecerem em um ambiente muito agradável e bonito, e ainda de entrar em contato com concidadãos, o que, claro, também foi difícil por causa das barreiras linguísticas.” Heitmann ressaltou que o compromisso dos concidadãos com a acomodação dos refugiados lhe pareceu de estrema grandeza. No entanto, é difícil para a cidade fornecer moradia adequada para os refugiados a médio prazo.

Anna Schwaderlapp (Foto: Hbre)

Troca sobre possibilidades e caminhos

Para os refugiados e os anfitriões, este convite foi uma boa oportunidade para conversar entre si e com os novos vizinhos, mesmo que estes sejam temporários. Pudemos ver pequenos grupos trocando informações sobre as oportunidades que existem para fazer compras, conversando entre si sobre como aproveitar a ajuda oferecida pelos diferentes escritórios e agências oficiais, quais passos dar para abrir uma conta bancária, como obter vouchers de alimentos, o certificado de habilitação ao banco de alimentos, solicitar uma autorização de habitação ou uma autorização de trabalho.

Encontrar as pessoas certas para ajudar

Os responsáveis ​​da associação “bewegenswert e.V.”, que em cooperação com o coordenador de refugiados da cidade de Vallendar estão envolvidos na coordenação do alojamento dos refugiados de Schoenstatt em Vallendar, juntamente com as casas de Schoenstatt envolvidas, convidaram nesta tarde de encontro a todos os Cidadãos ucranianos alojados em Schoenstatt, bem como a todos os refugiados ucranianos que vivem na área do município de Vallendar. Anna Schwaderlapp, co-responsável pela associação, esteve presente para responder a todas as perguntas. Por exemplo, se os parentes de uma família refugiada que puderam deixar Mariupol no dia anterior também poderiam ser alojados em Vallendar.

 “É aí que podemos ajudar a estabelecer os contatos necessários com o coordenador de refugiados da cidade”, diz o responsável pela Casa da Família de Schoenstatt. “Em bewegenswert e.V., não podemos ajudá-los diretamente a encontrar acomodação ou outras questões, mas podemos ajudar a encontrar contatos adequados.”

Caça aos ovos de Páscoa na véspera da Páscoa Ortodoxa (Foto: Hbre)

Estão previstos cursos de idiomas

Uma oferta concreta que a associação conseguiu criar junto com as Irmãs de Maria da Casa dos Peregrinos é uma sala de recreação maior para reuniões, que no momento está permanentemente disponível para refugiados. Há uma área de recreação infantil, uma sala de estar e uma loja simples para roupas doadas. Um curso de idiomas também será oferecido nestas salas o mais breve possível, porque uma coisa que ficou clara nesta tarde foi: “A língua é um fator muito decisivo para o sucesso dos encontros e da ajuda recebida”, diz Tobias Brehm, presidente da associação “bewegenswert e.V.” “Sem os tradutores ucranianos voluntários que também falam alemão, a tarde de encontro não teria corrido tão bem.”

Tarde de encontro
Oração ao final da tarde no Santuário Original (Foto: Hbre)

Oração pela unidade em tempos difíceis

O evento terminou por volta das 17h45 com um breve momento de oração em frente ao Santuário Original. O padre Johnson Panthappillil (Padre de Schoenstatt), que vem da Índia, encorajou os refugiados e seus anfitriões a ficarem juntos e encorajarem uns aos outros nesta situação tão difícil. O Santuário é um lugar para buscar forças e pedir a Deus esperança e paz, disse ele. “Se ficarmos juntos, podemos viver”, foi a quintessência de seu breve impulso. Uma folha de oração ucraniano-alemã permitiu que os presentes participassem da oração nos dois idiomas, e foi um momento especial quando o “Pai Nosso” e uma oração a Maria foram rezados no final em ambos os idiomas ao mesmo tempo.

 

 

Fuente: Schönstatt.de
Fotos: Hbre / T.Brehm

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you

refugiados

A alegria da Aliança de Amor em ações concretas

No espaço ao redor do Santuário Original ouvimos gritos alegres pelo pátio e crianças que correm brincando de um lado para outro. Uma criança pequena anda rápido e feliz com sua bicicleta, outra abre um largo sorriso, abre os bracinhos e corre para dar e receber um abraço. Olhares maternos as acompanham, num misto de preocupação e esperança.

Read More »