Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Apostolic Movement

Santuário do Rio de Janeiro completa 25 anos

By: Vinicius Cruz

A comemoração pelo Jubileu de 25 anos do Santuário Tabor Redenção da Família, no Rio de Janeiro, Brasil, reuniu milhares de peregrinos da cidade e de outros estados para prestigiar a festa, que aconteceu de 14 a 18 de outubro de 2023.

No sábado, 14 de outubro, nem mesmo a chuva foi capaz de atrapalhar a programação do dia. O Santuário acolheu a peregrinação da Arquidiocese de Niterói/RJ. O dia começou com a abertura da festa jubilar e, em seguida, a Santa Missa com o Arcebispo Dom José Francisco Rezende. Na parte da tarde, aconteceu a retrospectiva histórica, como uma forma de recordar os 25 anos de construção do Santuário. Em seguida, um momento especial de adoração ao Santíssimo Sacramento e, por fim, o encerramento com a coroação a Mãe e Rainha.

Já no domingo, 15, foi o dia de receber a Diocese de Petrópolis/RJ. A programação foi a mesma do dia anterior e, pela manhã, a Santa Missa foi presidida pelo Bispo Dom Tarcísio Nascentes, da Diocese de Duque de Caxias. Na segunda, 16, e na terça, 17, o Santuário seguiu com as festividades, recebendo peregrinos e paróquias de diversos locais.

O dia jubilar: Momentos de louvor e gratidão

Na quarta-feira, dia 18 de outubro, o Santuário completou seus 25 anos. Milhares de peregrinos foram acolhidos, em especial as peregrinações da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da Diocese de Itaguaí. Este foi um dia de renovar a Aliança de Amor que ficará guardada na memória e na história dos próximos 25 anos.

A Santa Missa jubilar foi presidida pelo Cardeal Dom Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro. Foi concelebrada por Dom Roque Costa, Bispo Auxiliar da Arquidiocese, pelo Pe. Bernd Biberger, Diretor Geral do Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt, pelo Pe. Antonio Bracht, Diretor Nacional do Movimento Apostólico de Schoenstatt, por padres e diáconos da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Estavam presentes o Sr. Diego Faro, representando o governador do estado, Cláudio Castro, e a Ir. M. Silvia Regina Formagio, Superiora Provincial das Irmãs de Maria.

As praças ao redor do Santuário ficaram lotadas e quase não havia espaço na tenda, devido ao número de peregrinos.

O Santuário – um lugar de reabastecimento

Em sua homilia, o Cardeal arcebispo Dom Orani João Tempesta falou sobre a importância dos 25 anos do Santuário. “Nós pedimos ao Senhor para que este santuário, o Tabor Redenção da Família, possa cada vez mais levar, trazer e acolher a todas as pessoas para que cresçam na fé e saiam com o coração afervorado, com a vida ainda mais aberta para a graça de Deus, melhorando a vida e a fé cristã. Nós agradecemos a todas as Irmãs e aos Padres que tornam possível o atendimento no Santuário, com acolhimento, com orientações e com os sacramentos, para que ele seja cada vez mais um lugar de reabastecimento da própria vida. Nesses 25 anos, esse lugar tornou-se justamente um lugar de reabastecimento”.

O Cardeal Orani Tempesta presidiu a missa no dia 18 de outubro

Como foi celebrar esse dia

Com muita alegria e contagiados pela festa jubilar, os peregrinos contam sua experiência neste dia marcante. Fátima Ribeiro, mesmo morando no Rio de Janeiro, foi surpreendida: “Sempre tive o desejo de conhecer o lugar. Eu fui de coração aberto. Na verdade, não sabia o que seria comemorado e, chegando, descobri que era a Festa do Jubileu de 25 anos do Santuário. Fiquei pensando: o que me trouxe até aqui, em um dia tão especial? Recebemos, há tantos anos, a imagem peregrina da Mãe e Rainha em nossa casa. E neste dia me foi dado conhecer a história como tudo começou. A partir deste Jubileu, receber a imagem peregrina em nossa casa terá um sentido muito mais profundo. Fiquei muito feliz e guardei no coração tudo que vi e vivi nesse dia!”

Durante os dias de festa, o Santuário recebeu peregrinos de diversos locais, inclusive de outros estados, como exemplo, uma caravana de Fortaleza/CE (que fica a 2.500 quilômetros do Rio de Janeiro). O Pe. Arnaldo Pereira, da cidade de Brejo/CE, falou sobre sua experiência ao visitar o Santuário do Rio de Janeiro: “Estar aqui neste dia não foi uma coincidência, foi uma feliz providência. Estar aqui é como estar em casa, vendo a beleza dessa devoção, em especial nesses 25 anos.”

Certamente, toda a história, todas as conquistas e as graças desses 25 anos ajudarão a tornar frutuoso todo o trabalho que será realizado nos próximos 25 anos. Somos frutos de uma herança e de uma semente que foi plantada desde 1998. O objetivo agora é trilhar os caminhos para o jubileu de ouro, tendo sempre como prioridade salvar as famílias, custe o que custar, e continuar a fazer deste solo carioca um lugar especial no coração da Mãe de Deus.

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you

Iluminando o caminho rumo ao 31 de Maio

A essência do terceiro marco histórico de Schoenstatt, a missão de 31 de Maio, está centrada na Força Divina, que nos chama a ser Schoenstatt em saída e a viver um mundo orgânico no pensar e no amar, como uma contribuição viva à Igreja e para o mundo de hoje. Este jubileu nos desafia e nos convida a aprofundar a missão de sermos portadores do carisma do nosso Pai e Fundador.

Read More »