Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Apostolic Movement

Santuário de Brasília abre seu ano jubilar com peregrinação das Forças Armadas

By: Ir. M. Isabel Machado

Já ouvimos muitas vezes a afirmação: “Jubileus são tempos de graças especiais!”. E esse fato se torna ainda mais real quando acontece em um tempo forte da esperança, dentro do nosso Movimento e dentro da Igreja. Isso é o que está vivendo a Família de Schoenstatt de Brasília, na capital do Brasil.

Nesse mês de março de 2024, o Santuário do Tabor da Esperança abriu seu ano jubilar rumo aos 25 anos. Este Santuário tem uma característica própria que o caracteriza: ele foi construído em um terreno ligado à Arquidiocese Militar do Brasil e está vinculado a ela. Justamente por isso – e por estar construído na capital da nação – várias autoridades militares do Brasil o visitam e participam de suas atividades.

Fotos: Neto Lima

Santuário recebe indulgência plenária

Para marcar a abertura do ano jubilar, o Arcebispo Militar do Brasil, Dom Marcony Ferreira, sugeriu não apenas uma Missa – como era a proposta inicial –, mas um tríduo. E, também, que fossem convidadas muitas pessoas, inclusive a Família Militar. Com o apoio e a ajuda concreta do Arcebispo, o Santuário recebeu o dom da indulgência plenária para todo o ano jubilar.

Outro desejo e empenho pessoal de Dom Marcony foi para oferecer confissões no Santuário nos dias do tríduo. Vários capelães militares e diversos sacerdotes se colocaram à disposição, atendendo os peregrinos, que formaram grandes filas.

Dois primeiros dias do tríduo

No primeiro dia do tríduo, 16 de março, houve a abertura solene do Ano Jubilar, com o toque da trombeta e a leitura dos decretos. A missa foi presidida pelo Bispo Auxiliar do Ordinariado Militar do Brasil, Dom José Francisco Falcão.

A grande concentração de peregrinos aconteceu no segundo dia do tríduo, domingo, 17 de março. Vários ônibus e carros chegaram levando muitas pessoas.

A missa do segundo dia foi presidida pelo Secretário Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Ricardo Hoepers. Essa celebração teve um momento especial com a investidura de 18 jovens e crianças, como os primeiros Coroinhas, Acólitos e Cerimoniários do “Projeto Arcanjos” – um presente especial para a Mãe neste Ano Jubilar.

Durante todo o dia houve atividades ao redor do Santuário. Muitos peregrinos também se fizeram presentes na Missa celebrada à tarde, presidida pelo capelão do Santuário, Pe. Érico Pitágoras Rocha.

Dia da Aliança com vigília

O dia 18 de março foi celebrado de modo especial pela Família de Schoenstatt. Para alegria de todos, esteve presente o casal pioneiro do Movimento em Brasília, Srs. Amaro e Neuza Freire.

Pe. Thaisson Santarém presidiu a Santa Missa, dando testemunho sobre a presença do Fundador, Pe. José Kentenich, e do Sr. João Pozzobon em sua vida.

Na madrugada do dia 18 para o dia 19 houve vigília para celebrar a Festa de São José, onomástico do Pe. Kentenich e o começo do ano jubilar. Às 24h, na virada, houve a bênção do Santíssimo, ministrada pelo Pe. José Edvaldo Santos, Capelão da Base Aérea de Brasília.

Peregrinação das Forças Armadas

No dia de São José, nossa Mãe acolheu a Família Militar de Brasília. Participaram representantes das diversas Forças Armadas do Brasil: Marinha, Exército e Força Aérea Brasileira, além das Forças de Ordem: da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Sua visita iniciou diante do Santuário Jubilar com a procissão.

Os militares levaram, em andores, as imagens de São José e de seus padroeiros. Eles foram acolhidos solenemente no início da Santa Missa, presidida pelo Arcebispo Militar e concelebrada pelos sacerdotes capelães das diversas forças armadas.

A acolhida da Bandeira do Brasil foi um momento forte de amor à Pátria. Todos os militares prestavam continência a ela. O Hino Nacional cantado com solenidade criou um momento único durante a celebração jubilar.

De maneira concreta, Dom Marcony Ferreira relacionou a vida de cada militar com a vida de São José, em sua homilia.

O lema escolhido para este ano jubilar – “Maria, luz da Esperança, caminhamos contigo!” – é o impulso de envio para todos que passaram e que ainda vão passar pelo Santuário de Brasília ao longo deste ano especial de graças.

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you