Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Liga Feminina de Schoenstatt no Brasil completa 50 anos

Equipe de Comunicação – Lafs Brasil

Cinco décadas de muitas histórias, de desafios, de conquistas, de graças especiais da Mãe e Rainha. No dia 18 de julho de 2021, a Liga Apostólica Feminina de Schoenstatt (Lafs) celebrou os 50 anos de sua fundação no Brasil. Unidas virtualmente ou presencialmente, as liguistas contaram com uma programação especial para o final de semana. No sábado (17/7), integrantes de todo o país rezaram juntas a oração do terço. Já as regiões sul e nordeste promoveram um encontro jubilar, no qual renovaram a coroação da Mãe de Deus. No entanto em Londrina/PR, cidade onde o ramo deu seus primeiros passos, foi celebrada a missa jubilar.

Consciência de ser mais Maria em cada lugar onde eu estiver

Aguida Maria Lopes Magalhães, da região nordeste, conta: “A Lafs me trouxe uma consciência maior como mulher cristã. Essa consciência de ser mais Maria em cada lugar onde eu estiver, seja em casa, na família ou no trabalho. Fez-me viver e querer estar mais empenhada no meu autoconhecimento e na vontade de levar Maria aos outros”.

 

 

Com a Lafs aprendi a amar o Movimento

As celebrações aconteceram em cinco estados brasileiros. Magda Lúcia Caldeira Navarro, pertence à região sudeste do Brasil. Ela conta que “com a Lafs aprendi a amar o Movimento. Então, comecei a me introduzir no mundo maravilhoso do ideal de ser um Tabernáculo Vivo do Altíssimo. Não consigo imaginar minha vida sem meu total ‘sim’ ao Santuário. Eu vivo e morro pela Mãe de Deus e por sua Obra”.

No Santuário Tabor da Liberdade, Belo Horizonte, um grupo da Liga Feminina selou a Aliança de Amor durant

 

e a celebração jubilar. Carla Bianchetti faz parte deste grupo e comenta: “A partir de hoje somos uma única Família. Que possamos ser raios de luz e esperança para outras mulheres. Que sejamos fiéis à nossa Aliança”.

 

 

Começamos a Lafs no Brasil em cinco mulheres.

 

Natália Kist, da região sul, diz que este jubileu renovou seu amor e entusiasmo: “Sinto que dentro de cada ramo existe espaço para todo mundo, em todas as fases de nossas vidas. E é certo que podemos (e devemos) evoluir enquanto mulheres na sociedade, mas também como grupo. Mesmo com as dificuldades, é preciso entregar e confiar cegamente na Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt, esse sempre será o melhor e, para mim, único caminho certo”.

Ana Becker mora na cidade de Curitiba, Paraná, e pertence à geração fundadora da Liga Feminina no Brasil. Ela recorda: “Começamos a Lafs no Brasil em cinco mulheres. É uma grande alegria poder comemorar o Jubileu de Ouro hoje. Só gostaria de agradecer nossa Mãe Três Vezes Admirável por esta benção e por este jubileu. E desejo que muitos mais anos venham para as liguistas do Brasil”.

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you

glimmer of light

Uma nova luz em Vila Devoto

Há vários anos, a Paróquia São Rafael de Villa Devoto celebra missas em um canto do bairro para a Novena de seu Padroeiro. Nada de espetacular: uma encruzilhada, uma casinha de porta aberta, um vizinho que empresta uma mesa e uma toalha, outro que traz alguns banquinhos… Mas não é sempre no pequeno, no mais insignificante, a origem do mais grande?

Read More »