Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Celebrações pelos 80 anos da morte do Pe. Franz Reinisch – Testemunho de vida que impacta.

By: H. Niederschlag SAC, W. Lerchen • C. Brehm

O Fórum Franz Reinisch convidou todos os interessados ​​à Casa dos Peregrinos e à Igreja Pallotti, em Schoenstatt, para comemorar o 80º dia da execução de Pe. Franz Reinisch no sábado, 20 de agosto.

Canon Martin Emge

Ele foi o único padre católico que se recusou a fazer o juramento de fidelidade a Hitler.
Membros do Coro da Catedral de Limburgo, conduzidos por Christoph Kipping, abriram a primeira parte da comemoração.

Através das diferentes perspectivas, a partir das quais vários especialistas iluminaram a trajetória da tomada de decisões de Reinisch, sua vida ganhou vida para o público: Lutas de fé e vocação, um homem como uma rocha de granito sobre a qual as marés se rompem em terra como um riacho de montanha de grande fluxo.

Bispo auxiliar Joerg Peters

O Pe.Reinisch foi um sacerdote que encontrou no Movimento de Schoenstatt um caminho pelo qual queria realizar o apostolado de todas as mulheres e homens, não apenas dos clérigos.

Foi no Santuário de Schoenstatt que ele tomou a decisão final de rejeitar o juramento de fidelidade a Hitler. Lá ele recebeu a força para percorrer esse duro caminho.
As intervenções do coro da catedral deram aos participantes a oportunidade de assimilar repetidamente o que tinham acabado de ouvir. O músico da igreja Frank Sittel liderou o caminho de um ponto a outro do programa com sua sensível interpretação com o orgão.

Na missa comemorativa diante do túmulo de Franz Reinisch, presidida pelo Bispo Auxiliar de Tréveris, Jörg Peters, o padre Niederschlag lembrou em um breve discurso que Reinisch também apoiou sua decisão biblicamente com o incidente de Jesus aos 12 anos no templo, que ele ficou lá sem avisar seus pais.

Ele mostrou que uma pessoa que cresceu na fé tem não apenas o direito, mas também o dever de tomar suas decisões de forma independente: “Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?” O chamado do Pai pode levar a conflitos violentos, mesmo com aqueles que estão muito próximos.

Com o “Concerto do Silêncio”, um diálogo dramático entre Reinisch e sua ex-namorada sobre os motivos de sua decisão, o dia de comemoração de Reinisch chegou a um final chocante.

Fonte: franz-reinisch.org

 

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you

Reinischnacht in Kirchmöser

Uma visita à prisão onde Franz Reinisch foi executado

O único sacerdote que se recusou a jurar fidelidade a Adolf Hitler foi um padre palotino e schoenstattiano: Franz Reinisch. Ele foi executado por sua consciência de lealdade a Cristo, na madrugada de 21 de agosto de 1942. Desde 1962, homens schoenstattianos se reúnem na noite da data da morte de Franz Reinisch, perto do local de sua execução, para recordar o testemunho de sua vida.

Read More »