Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

A Aliança de Amor é uma decisão de vida

By: Ir. M. M. Nilza P. da Silva/Julio Grandi

Com muita alegria, amor e fé, dia em que foi celebrada a solenidade de todos os Santos, dois homens do Terço dos Homens Mãe e Rainha – THMR, da Arquidiocese de Belém/Pa, selaram a Aliança de Amor com Maria, numa decisão grande e bela de querer estar vinculado a Maria Santíssima, por amor, fé, devoção e o desejo de ser um homem novo em busca da santidade.

Rangel Pereira Lima conta: “Quando tomei conhecimento do que é a Aliança de Amor com Maria, compreendi que era isso que eu queria. Contudo, rezei e perguntei à Mãe Santíssima se era isso que Ela queria de mim. Tive a resposta, quando chegou para mim o convite da inscrição para a formação para a Aliança de Amor. Selar a Aliança de Amor com Maria Santíssima é confirmar que é com Ela que quero seguir nos caminhos de Cristo.”

A cada dia de formação, mais alegria

Ele partilha também: “Todos os encontros, de preparação para a Aliança de Amor, foram belos, emocionantes e a cada encontro eu sentia mais alegria por estar na formação e que aquele era o caminho certo.

A preparação foi de forma on-line e conduzida com muito zelo e carinho pelo casal Eurico e Márcia Paiva, da Liga de Famílias, responsável pela formação. Eles foram maravilhosos na preparação, na condução e conclusão do curso. Sou muito grato a eles.”

Após meses de preparação, com formação, oração, propósitos seguidos e dedicação chegou, então, o dia tão esperado.

sellaron la Alianza

Fazemos parte da grande Família de Schoenstatt

A Missa da Aliança de Amor, no dia 6 de novembro, às 16 horas, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, Cidade Velha, foi presidida pelo Pe. Argemiro Ferracioli, Assessor do Terço dos homens no Regional Norte e Nordeste.

“Em sua homilia o padre conduziu todos para aquele momento da Aliança de Amor, reforçando a beleza e a grandeza da decisão que tínhamos tomado. O que marcou em sua fala, foi lembrar que este era um dia muito especial por ser a Solenidade de Todos os Santos e que Eles eram testemunhas de nossa Aliança de Amor com Nossa Senhora.

Também lembrou que a partir daquele momento nós nos juntamos à grande Família schoenstattiana e passamos também a sermos filhos do Pe. José Kentenich, nosso mestre e Pai e fundador do Movimento Apostólico de Schoenstatt,” lembra Rangel.

Uma Aliança comprometida com o anúncio do Evangelho

selaram a Aliança

“Para mim, selar a Aliança de Amor com Maria é comprometer-me com a vivência do batismo no dia-a-dia. É entregar-me, confiante, totalmente e como instrumento, nas mãos de Maria. Ficar intimamente ligado a Ela e ao Santuário de Schoenstatt, com a missão de levar o Evangelho aos irmãos expressando e garantindo a Aliança com nossa Mãe Santíssima e Jesus Cristo,” diz Antônio Guilherme Soares Campos.

Com isso, o Terço dos Homens Mãe e Rainha, na Arquidiocese de Belém se aprofunda na espiritualidade de Schoenstatt e se fortalece para ajudar a transfigurar a realidade, a partir de onde cada um atua, fazendo com alegria e amor, a parte que lhes cabe para a renovação da sociedade, tornando o Brasil um pouco mais Tabor.

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you