Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

70 anos do Santuário Nacional de Schoenstatt na Argentina

By: Eqiupe Pastoral Santuário do Pai, Novo Schoenstatt, Argentina

De 18 a 20 de janeiro, aconteceram em Novo Schoenstatt as comemorações pelos 70 anos do Santuário Nacional. Tivemos a bênção de viver dias muito emocionantes, onde aconteceram diversas atividades e celebrações para compartilhar esta data tão especial como família de Schoenstatt.

A Missa da Aliança na terça-feira, 18 de janeiro – celebrada, como a de 19 de janeiro, pelo Padre Esteban Casquero – foi o início desses dias que nos mergulharam em duas correntes de vida: a presença da MTA na Argentina e a decisão do Padre Kentenich em 20 de janeiro de 1942 em Dachau, data que inspirou a bênção deste Santuário 10 anos depois.

Nesse mesmo dia pudemos mergulhar na missão que o Padre Kentenich nos deixou, com um vídeo – que queremos partilhar convosco – e que pudemos ver na noite da Aliança na esplanada do Santuário Jubilar.

Na manhã de quarta-feira a Irmã Maria Julia nos presentou uma profunda experiência através de uma meditação guiada da Casa do Pai. À tarde, a Irmã Maria nos fez caminhar nas pegadas do Padre Kentenich por esta terra abençoada de Novo Schoenstatt, comovendo-nos pela atitude tão simples e sobrenatural do Padre Kentenich quando estava a caminho do exílio.

70 años del Santuario

Um tesouro escondido nos fundamentos do santuário

Finalmente, para encerrar a jornada e ao mesmo tempo preparar para o grande dia, tivemos uma vigília em frente ao Santuário, onde não só revivemos o momento anterior da decisão do Padre Kentenich em 20 de janeiro, mas também revivemos um tesouro escondido em seus fundamentos: os milhares de terços rezados pela libertação do Padre Kentenich e um grupo de peregrinos de Ballester, pedindo que Maria se instalasse aqui. Por isso rezamos um terço iluminado. Durante toda a noite, os peregrinos hospedados em Solaz de María puderam fazer a adoração eucarística, o que lhes permitiu meditar sobre a atitude do padre Kentenich ao tomar sua decisão e tentar torná-la própria. A Missa que encerrou a vigília foi celebrada em torno do horário que se sabe que ele mesmo recebeu a clareza de sua decisão em 20 de janeiro de 1942.

E assim chegamos ao grande dia em que recordamos o segundo marco histórico de Schoenstatt. Nosso fundador foi um homem de Deus, o Senhor foi sua grande paixão. No dia 20 de janeiro, Deus o convidou à comunhão com Ele através da cruz, em um campo de concentração, Dachau, onde veio a aprofundar mais profundamente sua entrega a Jesus. Em clima de harmonia e recolhimento, nos unimos a uma Via Sacra onde o foco era essa conexão entre a Paixão do Senhor e tudo o que o Pe. Kentenich experimentou durante a sua intensa busca espiritual.

Agradecer as grandes coisas que Maria tem feito por nós ao longo dos últimos 70 anos.

E assim, em meio a chuvas, tempestades, falta de energia elétrica e um contexto de pandemia, chegamos à grande cerimônia. Simples mas sincera, foi celebrada pelo Pe. Guillermo Carmona à sombra do Santuário.

Nela pudemos agradecer pelas grandes coisas que Maria fez por nós ao longo desses 70 anos. Revivemos o momento em que o Padre Kentenich pediu a Maria que viesse a este lugar para dar à Argentina um Santuário que fosse sinal de fé, união, luta e vitória. Deste modo, uma imagem da Santíssima Mãe chegou em procissão ao Santuário, onde os peregrinos presentes saudaram nossa Mãe com lenços brancos, pedindo-lhe proteção e força.

Começamos, desta forma, o ano de peregrinação ao Santuário, que permitirá aproximar-se em pequenos grupos, como proteção contra o coronavírus, a quem quiser nutrir-se de sua fonte de graça neste lugar santo.

Queremos agradecer especialmente à todos os sacerdotes que nos acompanharam durante este tríduo: Padre Guillermo Carmona, Padre Christian Löhr, Padre Esteban Casquero, Padre Alejandro Zelaya, Padre Christian, Padre Oscar, Padre Rogelio e Padre Álvaro. Agradecemos também a cada peregrino que esteve presente, presencial ou virtualmente, mostrando-nos, mais uma vez, a linda e fiel Família que o Padre Kentenich nos deixou.

Pode acessar o vídeo mencionado através do seguinte link.

 

 

 

 

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you