Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Congresso Eucarístico Internacional em Budapeste, Hungria

Dr. Péter und Orsi Török, Sr. Gertrud-Maria Erhard

 

 

O 52º Congresso Eucarístico Internacional ocorrerá em Budapeste Hungria, de 5 a 12 de setembro de 2021, sob o lema “Todas minhas fontes estão em ti” (Sal 87,7). Ele deveria ter sido celebrado em 2020, mas devido à pandemia foi postergado para este ano. O evento terá um valor especial, visto que contará com a presença do Papa Francisco no dia 12.

Durante dois anos, o Movimento de Schoenstatt tem se preparado para esse acontecimento, aprofundando-se no conhecimento do mistério da Eucaristia.

Com o enfoque do Padre Kentenich, buscamos a conexão entre as verdades teológicas e a vida cotidiana. Nossa conferência anual de Schoenstatt, em vista do mistério da Eucaristia e ao mesmo tempo do sacramento do matrimonio, formulou-se como lema do ano o “Um contigo”.

 

 

Um contigo


O amor pela Eucaristia e a adoração se converteram em uma verdadeira corrente em nosso Movimento, por ocasião da preparação do Congresso Eucarístico. Os jovens e as famílias se reúnem regularmente em horas de adoração. Em todos os encontros familiares que aconteceram no nosso centro de Schoenstatt de Óbudavár durante o ano e especialmente no verão, já havia se convertido em algo habitual que todos os que desejassem se retirassem no Santuário para adoração antes do café da manhã e antes do programa da tarde. Assim experimentamos a benção traduzida na presença dos jovens e dos casais rezando juntos ante o Santíssimo Sacramento.

 

 

O desenvolvimento como fonte de graça

Como contribuição do Movimento de Famílias de Schoenstatt húngaro ao Congresso Eucarístico e a Igreja em geral, vemos a necessidade de explorar, testemunhar, desenvolver na prática e transmitir a conexão entre o sacramento do matrimônio e o sacramento do altar. O impulso para desenvolver a profunda conexão entre ambos, como fonte de graça, nos foi dado pelo padre Tilmann Beller há muitos anos.

Cristo está presente não apenas no sacramento do altar, senão também no sacramento do Matrimônio. Fazemos uma genuflexão ante o Santíssimo, este gesto de fé nos aproxima de Deus, que se esconde no mistério do pão. Dado que Cristo também está presente no sacramento do matrimônio, o padre Beller em uma ocasião fez uma genuflexão perante um casal casado em uma reunião familiar. Até os dias atuais, a comoção e o entusiasmo por Cristo no sacramento do Matrimônio seguem vivos nestes casamentos.

 

Un nuevo camino matrimonial a la luz de la Eucaristía

Uma faísca se incendiou, se estende e dá forma as nossas vidas. Assim nasceu a ideia de desenvolver um caminho matrimonial à luz da Eucaristia. Nos inspiramos no pensamento orgânico do Padre Kentenich e nos escritos dos papas nas últimas décadas. Isso representado em 15 “estações”, com 15 painéis, pontos no quais o texto exposto ajuda a meditar sobre um aspecto especial na vida matrimonial.

Deus se entrega a nós no sacramento do Matrimônio e na Eucaristia. Cada estação desta viagem matrimonial retoma um aspecto dessa conexão. O Deus da vida, que nos criou como homem e mulher, quer que experimentemos o afeto e a ternura não apenas com o nosso intelecto, mas também com nossos outros sentidos. Podemos experimentar o fogo de Deus e a intimidade do amor no matrimônio e no mistério da Eucaristia. Assim como a Igreja assegura a presença de Jesus na Hóstia Sagrada, nós temos assegurada sua presença na igreja doméstica, no sacramento do Matrimônio. Isso inclui o amor e a fidelidade, a entrega da vida, o tempo em comum, o levar a cruz, o cuidado dos familiares enfermos e anciãos…como na Santa Missa, assim experimentamos a missa da vida: Sursum, corda, Credo, Adoratio, Communio, Confessio, Passio, Dominus vobiscum, Ite missa est.

Quinze painéis ilustram o novo caminho do matrimônio. Em Óbudavár, o Centro de Schoenstatt húngaro, já existe um segundo “caminho matrimonial”. Os painéis se encontram ao redor do Santuário, cada um deles é acompanhado por um banco virado em direção a capela de Schoenstatt, expressando o anseio de crescer no amor a Jesus no caminho do matrimônio.

 

 

 

A cruz missionária como símbolo do Congresso Eucarístico

O símbolo central do Congresso Eucarístico de Budapeste é uma cruz de bronze de mais de três metros de altura que contém as relíquias de 16 santos do centro europeu. A chamada Cruz Missionária está há dois anos peregrinando pela Hungria pela causa da renovação cristã. Esta cruz foi confeccionada em 2007 pelo ourives Csaba Ozxvári, membro da Federação de Famílias de Schoenstatt da Hungria, que morreu inesperadamente em 2009, depois de uma missa solene em Óbudavár. Csaba havia ofertado sua vida pela renovação espiritual da Hungria na missa anterior a sua morte.

Em 4 de julho de 2021 ergueu-se uma réplica dessa cruz em Óbudavár. A cruz expressa para nós que queremos estar em união com Jesus, com a Igreja e com nosso cônjuge, e isso significa levar a cruz frequentemente. A cruz missionária é um convite constante ao trabalho apostólico e a renovação na Eucaristia, pois “ Todas minhas fontes estão em ti”.

Também é possível ler:

Família – revitalizá-la como um claro instrumento de evangelização

 

 

 

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you