Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

O Movimento de Schoenstatt polonês abre suas casas para refugiados de guerra

By: Pe. Arkadiusz Sosna

A foto mostra o belo e pacífico Santuário de Sião, dos Padres de Schoenstatt, na margem direita do Vístula, perto de Varsóvia. Daqui até o local de origem de Schoenstatt, Vallendar, na Alemanha, são apenas 1.130 km. Deste santuário até Kiev, na Ucrânia, são apenas 770 km. De avião, são apenas 215 km para a fronteira polaco-ucraniana. Um pulo do gato!

Atualmente, existem 700.000 refugiados da Ucrânia na Polônia

Desde a semana passada, toda a nossa vida se move em um ritmo completamente diferente. Trabalhamos, organizamos, planejamos. Mas diante da guerra e da ameaça, temos que viver aqui e agora. Como Família de Schoenstatt fazemos isso de acordo com o nosso lema do ano: “Aqui e agora – alegres, fortes e confiantes em Deus”. Mesmo antes do início da guerra, fomos postos à prova.

Na semana passada, a Polônia acolheu mais de 700 mil refugiados da Ucrânia. Esta é uma situação inédita. As pessoas cruzam nossa fronteira e são bem-vindas e abrimos nossas casas e nossos corações. Não há cotas para refugiados. Quantos podemos aceitar? Muitos deles querem ficar perto da fronteira, na esperança de voltar ao seu país de origem em breve. Outros planejam se estabelecer definitivamente na Polônia porque um membro da família já trabalha e mora aqui. E também há muitos que querem continuar viajando para onde estão seus entes queridos.

Angustiantes histórias de fuga

refugiados

As histórias da fuga da Ucrânia são surpreendentes e deprimentes. Ouvi a história de uma mãe que fugiu com a filha de seis anos. Esta mãe está grávida de cinco meses. Andou 15 quilômetros, à noite e com muito frio. O marido ficou para lutar. E há muitas histórias deste tipo.

Na fronteira, existem pontos especiais de recepção onde os refugiados são acolhidos. Um chá quente, uma refeição, um descanso e seguir em frente. Alguns são recolhidos por seus amigos poloneses, outros são levados para diferentes lugares da Polônia gratuitamente. Um amigo meu, que administra vários negócios, montou um acampamento na fronteira, onde serve salsichas e bifes quentes aos refugiados. Conta com a ajuda de voluntários. “Aqui e agora…”

O governo polonês, a Igreja e o Movimento de Schoenstatt estão ajudando.

As Irmãs de Maria de Schoenstatt já abriram espaço em suas casas para as pessoas que precisam de alojamento. Os primeiros refugiados já estão morando em algumas de suas casas. Os Padres de Schoenstatt estão recebendo os primeiros visitantes. Queremos recebê-los de forma organizada. Um um quarto quente e algo para comer são algumas das coisas necessárias para as pessoas que só podiam levar o essencial quando fogem da guerra. Portanto, para ajudar efetivamente, precisamos de roupas, roupas de cama e muito mais. Por quanto tempo? É difícil dizer por quanto tempo as pessoas ficarão em nossas casas.

Apoio

Do nosso “Santuário da Fidelidade” transmitimos diariamente uma Santa Missa às 19h00, rezando pelas pessoas necessitadas e pedindo a paz no mundo. Se puder apoiar nossos esforços com suas orações, ficaremos muito gratos.

Se deseja apoiar financeiramente nossa assistência aos refugiados, agradecemos imensamente sua doação para a conta dos Padres de Schoenstatt na Polônia (veja abaixo).

Saúdo-vos desde o nosso santuário em espírito de PAZ.

Padre Arkadiusz Sosna

Contas para doação

● Para doações aos Padres de Schoenstatt na Polônia:

Conta: IBAN: PL04 1600 1462 1813 6457 5000 0002

BIC/SWIFT: PPABPLPK

Nota UCRANIA

● Para doações às Irmãs de Maria de Schoenstatt (através da sede na Alemanha):

Conta: IBAN: DE52 7509 0300 0002 1772 26

BIC/SWIFT: GENODEF1M05

Nota UCRANIA

FOTOS:

Santuário dos Padres de Schoenstatt em Józefów, Varsóvia, Polônia (Foto: Sosna)

Refugiados da Ucrânia na fronteira com a Polônia (Foto: privada)

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you