Procurar
Close this search box.

Schoenstatt
Movimento Apostólico

Curatório de Roma – fundado por desejo do P. José Kentenich

By: Ir. M. Cacilda Becker

De 16 a 18 de novembro de 2021, o Curatório de Roma – uma comissão de representantes das comunidades de Schoenstatt a nível internacional – reuniram-se no Centro de Schoenstatt de Belmonte, em Roma. Desta vez eles se ocuparam com a missão do Centro de Belmonte: que vida cresceu, como todo o Movimento Apostólico de Schoenstatt realiza a missão de Belmonte?

Rom-kuratorium

Certamente o assunto é novo para a grande maioria dos schoenstattianos de nossa grande e ramificada Família de Schoenstatt em todo o mundo. É por isso que perguntamos ao Dr. Christian Löhr, Reitor Geral do Instituto dos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt:

O que significa a palavra “Curatório de Roma”? E por que esse gremio é chamado assim?

Dr Löhr: O curatório de Roma recebe seu nome da localização do Santuário Internacional Matri Ecclesiae, que fica em Roma. Era desejo do Pe. Kentenich, especialmente após seu retorno do exílio em Milwaukee, que Schoenstatt estivesse presente aqui em Roma à sombra da Basílica de São Pedro e próximo ao Papa e à Cúria Romana, e que daqui ajudasse na renovação da Igreja e do mundo. É dirigido pela comunidade responsável pelo Santuário de Belmonte, ou seja, o Instituto dos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt.

Qual é a tarefa do Curatório de Roma? Quem participa?

Dr. Löhr: O Estatuto do Curatório de Roma declara:

1. Em nome da Família de Schoenstatt, a Presidência Geral prometeu ao Pai Fundador, Pe. José Kentenich, em seu octogésimo aniversário, o Santuário da Mãe Três Vezes Admirável e Rainha como o ponto central do centro internacional em Roma.  O Santuário MATRI ECCLESIAE quer ser um sinal e fonte da missão de Schoenstatt na Igreja e para a Igreja e manter vivas as promessas que o Fundador fez ao Santo Padre e aos Bispos e contribuir para a sua realização.

2. Com a aprovação da Presidência Geral da Obra Internacional de Schoenstatt, Pe. Joseph Kentenich confiou o patrocínio deste Centro ao Instituto dos Padres Diocesanos de Schoenstatt em 7 de dezembro de 1965.

3.Para apoiar a responsabilidade conjunta de toda a Família de Schoenstatt pelo Centro de Schoenstatt, a comunidade patrocinadora forma um Conselho de Curadores que a apóia no cumprimento de sua tarefa.

4. O Conselho de Administração é composto por membros de várias comunidades e ramos de Schoenstatt.  Este Conselho  é constituída por um período de seis anos. A última constituição ocorreu em 2015.

Rom-kuratorium

Quais são suas expectativas para a reunião de outono do Conselho de Curadores de Roma?

Dr Löhr: Que a grande missão do Centro Internacional de Schoenstatt Matri Ecclesiae em Roma-Belmonte aprofunde de novo  em nossas Comunidades de Schoenstatt por meio dos membros do Conselho de Curadores de Roma. Todos em Schoenstatt têm uma tarefa especial e individual para Belmonte. Gostamos de colocar isto na imagem do delta de um rio: do Santuário Original, nos últimos 100 anos desde a primeira Aliança de Amor, um rio cada vez mais largo e profundo inundou com suas graças o nosso Movimento e também  a Igreja e  o mundo. De acordo com a vontade de nosso Pai Fundador, esta corrente encontra uma concentração e uma ramificação no Santuário de Roma, para  que as graças de Schoenstatt se  possa fluir para a Igreja e para o mundo e contribuir para um enriquecimento e uma grande fecundidade do cristianismo nos tempos atuais.

Qual é o conteúdo principal desta reunião?

Todas as questões atuais sobre o Santuário de Belmonte são questões que retomamos ativamente na Curadoria de Roma. Queremos apoiar e motivar os Schoenstattianos responsáveis no centro em Roma. Estes são, sobretudo, o Reitor do Santuário e seu Conselho Pastoral.

Em nossa reunião de outono deste ano, o foco foi o trabalho adicional para cumprir a missão de Belmonte. Recebemos o relatório do Reitor do Santuário sobre a situação atual em Belmonte e da Família de Schoenstatt na Itália. Também ouvimos o relatório do comissário de construção para Belmonte e discutimos como podemos dar os próximos passos necessários e torná-los possíveis.

Após a abertura da Casa Pe. Kentenich em Belmonte há quatro anos e a entronização do Símbolo do Espírito Santo no Santuário, as prioridades agora são: o trabalho da Família de Schoenstatt italiana, a construção de santuários lares, a difusão da Campanha da Mãe Peregrina em toda a Itália e o avanço para uma coroação internacional da MTA no Santuário.

Muito obrigada, Dr. Löhr.

Algumas impressões dos participantes:

A Sra. Busch (Instituto da Família) experimentou o encontro “muito animado na consciência de que Schoenstatt pode alcançar o mundo mais amplo através de Belmonte e que é possível que todas as comunidades em Schoenstatt assumam a responsabilidade por isso”. Foi muito bonito experimentar: descobrimos uma boa perspectiva para o caminho no futuro”.

Padre Markus Rometsch (União dos Sacerdotes) participou ao “vivo” pela primeira vez: “foi muito bonito aqui, vou voltar, estou fascinado pelos resultados e pela perspectiva, também pela celebração do Dia da Aliança de Amor ontem à noite, foi tudo muito bonito”.

O casal Müller fazem parte do Curatório há 6 anos, representam a União das Famílias e estão impressionados com o crescimento: “nos últimos 6 anos a comunidade cresceu junto, pudemos conversar muito abertamente um com o outro… pudemos discutir abertamente sobre a missão de Belmonte e também sobre o uso da casa Pe. Kentenich, nossa tarefa está se tornando mais clara e está lentamente tomando forma”.

A Sra. Beck do Instituto Senhoras de Schoenstatt refletiu: o que eu levo comigo? Que praticamos o grande caminho sinodal da Igreja em pequena escala, como temos feito nos últimos dias no Curatório de Roma.

P. Walter, o representante dos Padres, experimentou esta reunião como uma transição do foco das questões de construção e financiamento para a perspectiva de como podemos utilizar bem o centro internacionalmente. A hospitalidade do Reitor, que pudemos experimentar, cria uma boa base para isso.

E o Reitor de Belmonte, Pe Marcelo Cervi diz: Para mim este encontro trouxe grandes perspectivas como a preparação para a coroação da Mãe em nível internacional, e também aproveita a oportunidade para expressar o desejo de que todos os schoenstattianos que vêm a Roma visitem o Santuário Matri Ecclesiae em Belmonte

Você também pode ler:  https://www.youtube.com/results?search_query=santuario+schoenstatt+belmonte+roma

 

Share

with your loved ones

Related articles that may interest you